quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Suzana Vieira em Salvador

A Suzana Vieira diz que quer beijar muito na boca nesse reveillon, este que ela passará em salvador. QUE LINDO! O engraçado é que se fosse uma jovem dizendo isso, o apelido 'piriguete' seria o mais leve que a cidadã ouviria, mas como é uma mulher/senhora/idosa de 60 e muitos anos precisa-se mostrar respeito?!

Vi pessoas comentando que isso é a quebra de um paradigma. Eu concordo. Imagina você ter uma filha sem-vergonha.. imaginou?! Agora imagina que a sem-vergonha é a sua avó! Como você reagiria?!

Mas eu boto muita fé nela, ter essa disposição toda.

O que eu não gostaria mesmo de ver, seria uma foto dela se pegando dentro de um carro estacionado numa vaga de idoso.

O Choro da Viúva

video
Um Cachorro Bravo escreve:
O melhor de tudo é o comentário do apresentador.
Depois do silêncio e do sorriso denunciador, a pérola:

-É tragi-cômico, eu até diria. Não é? É tragi-cômico.
Por um lado a tragédia, uma morte, uma vida que se vai. E por outro... um amor que se vai também...

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Retrospectiva 2008


Braix escreve:

Semana passada eu estava olhando a internet e percebi que muitos sites fizeram uma retrospectiva desse ano, mais do que normal, afinal de contas todo final de ano isso acontece. É uma forma de nós brasileiros lembrarmos do que aconteceu no decorrer do ano, já que nossa memória é tão boa.

Bem, então...O que eu ia mesmo dizer??
Ah sim!Reparei que um dos sites destacou 25 momentos mais marcantes para o Brasil e para o mundo, vou citar alguns:

-Fidel Castro posa para foto com Lula (o site colocou desta forma).
Comentário: Alguém me passa o link do orkut do Fidel para eu dar uma olhada?

- O nadador Michael Phelps conquista 8 medalhas de ouro nas olimpíadas.
Comentário: Tinha que lembrar!E o nosso primeiro ouro olímpico com o Cesar Cielo, ninguém lembra.

- Ronaldo se apresenta para o Corinthias.
Comentário: Receber R$400 mil por mês durante um ano para não fazer nada...Olha eu aqui Coringão!!!!!
- A cantora Sandy se casou.
Comentário: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... Isso marcou alguém?

-A atriz Juliana Paes se casou com um empresário.
Comentário: O dono da BOA?

O site destaca outros acontecimentos que realmente foram marcantes, sendo que boa parte desses foram tragédias. Queira Deus que em 2009 esse quadro mude para melhor.

Muita Paz!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Um Cachorro Bravo escreve?Acho que não hein?!
Melhor Braix escreve.
Primeiramente agradeço as boas vindas, espero postar sempre por aqui, mas como disse uma vez o Rafinha Bastos (alguém conhece?): "Não criem expectativas. Eu nunca fiz isso!".Além do agradecimento tenho uma historinha para contar e para começar vou dar um toque feminino neste blog...Agora sim

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

O MICROTÉRIO

Para quem não sabe nos últimos três meses minha casa esteve em reforma, pedreiro para lá e para cá, poeira, barulho, bagunça...Aquela maravilha. Em um belo dia, após o almoço, minha mãe reparou que havia cocô de gato nos fundos da casa (detalhe: eu não tenho gato, nem gosto, mas eles foram participativos durante a reforma) e questionou aos pedreiros:
- Como vocês conseguiram comer perto do cocô de gato?


Pedreiro I:
- Eu não tenho problema com isso não.

Pedreiro II:
- Então ele seria bom para trabalhar em MICROTÉRIO.

Ao terminar a frase acima ele começou a rir e eu também e ele ainda achou que eu estava rindo da piada. Bobinho!!!!

FIM

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Feliz Natal da Confraria

Um Cachorro Bravo escreve:
Que o velho sacudo dê um presente bem grande pra todos vocês!


São os votos da Confraria dos Bravos

A terceira Pantera. Digo, Tigrete. 14.


Dois Cachorros Bravos escrevem:

Eu e o Pauleta vamos escrever esse post à quatro mãos e provavelmente, ou ele vai parecer uma música do Caju e Castanha ou vai parecer um duelo de rap, à la Eminem em 8 Mile.
Bom, antes isso do que a idéia que me ocorreu primeiro, que foi lembrar da cena em que a Demi Moore e o Patrick Swayze fazem, abraçadinhos, um pote de barro em Ghost, do Outro Lado da Vida.

Argh!!!

Enfim,
Achei uma boa idéia fazer esse post dessa maneira por que o objetivo dele é apresentar a nova integrante da matilha. Só que essa pessoa é especial pra nós dois. Ao Paulinho por ser amiga dele praticamente desde o início de nossa Odisséia psicológica e a mim por que, dentre outras coisas, é uma das pessoas mais meigas que eu já conheci na vida.
E claro, ela também é especial por ter feito o grande favor à humanidade de ter esterilizado o Paulinho.
Dani Braxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, seja bem vinda!!!!
*************************************************

ATO 1


Imagina o Hammurabi vendo a Dani Braix malhar
O sangue não iria pro músculo
Isso eu já vou adiantar.

Com uma voz sorrateira ele iria lhe falar:
"Dani Braix, minha querida, vamo lá pra casa jantar?"

Persistente ele sempre tenta
Resistente ela sempre nega
Um dia eles casam e vão ser feliz forevá!


ATO 2

Desde pequena Dani sabe
Ouvir as dores do coração
Mas precisou de muitos anos
Para saber brincar de bola com os irmãos

Eu nunca ouvi falar sequér de um pecado da Dani Braix
Mas ela é uma tigrete, com certeza pecado ela faz.

Um dia Dani Braix, você vai ver só
Quando você for a goleira,
Eu vou chutar sem dó!

Bem-vinda.

Paulera.

*Erros de português em rimas = liberdade poética.
14 agora é o número de confrades. Na teoria pelo menos.

Para as mulheres solteiras

Para as mulheres que estão solteiras, as que foram largadas, abandonadas, as que, num ato de bravura, decidiram se desapegar do namorado/marido, etc. eu estou disposto e à disposição de alguma de vocês. Gatinhas, o que dizem?!

Opa, Felizes sejam os dias vindouros!

Solidão-Morte


«A casmurrice! Ah, a natureza! Os homens estão sozinhos na terra - essa é a desgraça! “Há algum homem vivo nesses campos?” - grita o bogatir* russo. Também grito eu, que não sou bogatir, e ninguém dá sinal de vida. Dizem que o sol anima o universo. O sol vai nascer e - olhem para ele, por acaso não é um cadáver? Tudo está morto, e há cadáveres por toda a parte. Há somente os homens, e em volta deles o silêncio - essa é a terra! "Homens, amai-vos uns aos outros" - quem disse isso? De quem é esse mandamento? O pêndulo bate insensível, repugnante. Duas horas da madrugada. As suas botinhas estão junto da cama, como que esperando por ela... Não, é sério, quando amanhã a levarem embora, o que é que vai ser de mim?»
*Herói épico russo, uma espécie de Hércules popular. (N. do T.)

in “A Dócil”, de Dostoiévski. Duas Narrativas Fantásticas: A dócil e O sonho de um homem ridículo. Tradução, prefácio e notas de Vadim Nikitin. São Paulo: Ed. 34, 2003.



Um pormenor: essas imagens tão-somente revelam a “sociedade em quadrinhos” para qual e em que vivemos.



terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Recesso Forense

Um Cachorro Bravo escreve:

Olha que funcionário exemplar!


Compenetrado.
Ciente do seu dever.
Fazendo jus ao salário que ganha.


Fail.

Comportamento de escolha/Concorrência de estímulos

Um Cachorro Bravo escreve:

A ex-Primeira Dama da França, Cecília Sarkozy.


A atual Primeira-Dama, Carla Bruni.

Eu acho que eu não preciso dizer muita coisa não.
Só que...
Mas que francês filho da p*************!!!!!!! velho!!!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Comemoração

Um Cachorro Bravo escreve:
I'm so sorry, Fidel.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Do Mundo do Azenha

Um Cachorro Bravo escreve:

Mas, como definir quem é negro, perguntam os racistas incautos. Eu sugiro uma metodologia muito simples: coloque na banca examinadora um PM, uma gerente de loja de um Shopping Center, um empregador que exige boa aparência, um diretor de televisão, uma mãe cafetina procurando um bom partido pra filha etc. Não faltam agentes sociais versados em identificar negros e discriminá-los. A hipocrisia é que cega a sociedade!

Lêle Teles, escritor brasiliense
no
viomundo.com.br

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

o primeiarp post bebado nbra histiaroa da cornaraia

Um Cachorro Bravo escreve:
boa borua pessial
o negpocia e go sguiente
en ceuncho a cra ontre
seta ferua
comercei beberdo no bar do orkuit éto to ttribuna
qunadp a gente tinh ternmando 8 vetbeja e fua dpzes de opuaacka a egent afpi ´´ar acpnfrarityernarz]ao fo trubanaç ) PRO COSCUAL

ai A GEnwte comecçiuy a bebera com p psesoal dddd a tuia

e u fuo deica a gostiaosa da pariabuan
e vium pra car
a

fim não afuenteo mairs esceuver bou po msb
boja me liga

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Alô - parte II

Um Cachorro Bravo escreve:

- Alô
- o João Carlos, por favor?
- ele não está
- com quem estou falando?
- com o João
- João Carlos ou outro João?
- outro
- ah tá [dá uma risadinha]. que horas posso falar com o João Carlos?
- as 19hs.
- A Brasil Telecú agradece, boa tarde.

5 min depois

O número da bina revela que é a Brasil Telecú ligando de novo. Atendo ao telefone e falo "Alô", a moça do outro lado deve ter pensado "liguei no mesmo lugar de novo" e desliga na minha cara. O triste é ela não pensar que liga aqui todo dia nesse horário e eu digo que meu pai só chega as 19hs. E fica a mensagem pra todos: não coloque o nome do seu filho igual ao seu. Se bem que nos dias de hoje com o tanto de separação, é provável que o pai já terá saído de casa antes do filho aprender a falar "alô", então pode fazer a homenagem tranquilo.

Amanhã essa porra se torna uma trilogia, e semana q vem "A Saga".

Mulheres trocam psicólogo por amigo gay

Um Cachorro Bravo escreve:
Hoje o site do G1 publicou essa reportagem, com o título "Mulheres trocam psicólogo por amigo gay". Eu teria mil coisas a dizer em relação a isso, mas vou me limitar a analisar a primeira foto da reportagem.


O que você teria a dizer ao olhar essa foto?
  1. Que menina feia
  2. Que foto escrota
  3. A bochecha dela tá suja
  4. Ela é tão feia que nenhum psicólogo quis atendê-la
  5. Ela provavelmente não arruma um namorado, por isso precisa de um amigo gay.
  6. Gay
  7. Outros: _________________________

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Alô

Um Cachorro Bravo escreve:

- alô
- boa tarde, eu gostaria de falar com o João
- aqui tem 2 Joãos, moça
- o João da Silva
- os 2 são João da Silva, moça
- o João Carlos
- Ele tá trabalhando
- Que horário eu posso falar com ele?
- Às 19 hs.
- A Brasil Telecú agradece, uma boa tarde.

Esse diálogo acima é depois de várias vezes ter acontecido o diálogo abaixo.

- alô
- boa tarde, eu gostaria de falar com o João
- Sou eu.
- oi João, aqui é o Tito de Águas Claras
- Tito?
- É, Tito.. a gente jogava bola na época da faculdade...
- Ah sim. Só um segundo Tito... PAAAAAAIIIIIIIIII!!!!!!!!!!

A Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 60 anos

Antes do mais, peço-lhes desculpas por publicar a "Declaração" integralmente.

« Preâmbulo
Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo,
Considerando que o desprezo e o desrespeito pelos direitos humanos resultaram em atos bárbaros que ultrajaram a consciência da Humanidade e que o advento de um mundo em que os todos gozem de liberdade de palavra, de crença e da liberdade de viverem a salvo do temor e da necessidade foi proclamado como a mais alta aspiração do ser humano comum,
Considerando ser essencial que os direitos humanos sejam protegidos pelo império da lei, para que o ser humano não seja compelido, como último recurso, à rebelião contra a tirania e a opressão,
Considerando ser essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações,
Considerando que os povos das Nações Unidas reafirmaram, na Carta da ONU, sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor do ser humano e na igualdade de direitos entre homens e mulheres, e que decidiram promover o progresso social e melhores condições de vida em uma liberdade mais ampla,
Considerando que os Estados-Membros se comprometeram a promover, em cooperação com as Nações Unidas, o respeito universal aos direitos e liberdades humanas fundamentais e a observância desses direitos e liberdades,
Considerando que uma compreensão comum desses direitos e liberdades é da mais alta importância para o pleno cumprimento desse compromisso,
agora portanto,
A Assembléia Geral proclama a presente Declaração Universal dos Direitos Humanos
como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo sempre em mente esta Declaração, se esforce, através do ensino e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adoção de medidas progressivas de caráter nacional e internacional, por assegurar o seu reconhecimento e a sua observância universal e efetiva, tanto entre os povos dos próprios Estados-Membros, quanto entre os povos dos territórios sob sua jurisdição.
Artigo I.

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.
Artigo II.

1. Todo ser humano tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, idioma, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição.
2. Não será também feita nenhuma distinção fundada na condição política, jurídica ou internacional do país ou território a que pertença uma pessoa, quer se trate de um território independente, sob tutela, sem governo próprio, quer sujeito a qualquer outra limitação de soberania.
Artigo III.

Todo ser humano tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.
Artigo IV.

Ninguém será mantido em escravidão ou servidão; a escravidão e o tráfico de escravos serão proibidos em todas as suas formas.
Artigo V.

Ninguém será submetido à tortura nem a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante.
Artigo VI.

Todo ser humano tem o direito de ser, em todos os lugares, reconhecido como pessoa perante a lei.
Artigo VII.

Todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção da lei. Todos têm direito a igual proteção contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação.
Artigo VIII.

Todo ser humano tem direito a receber dos tribunais nacionais competentes remédio
efetivo para os atos que violem os direitos fundamentais que lhe sejam reconhecidos pela constituição ou pela lei.
Artigo IX.
Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado.
Artigo X.

Todo ser humano tem direito, em plena igualdade, a uma justa e pública audiência por parte de um tribunal independente e imparcial, para decidir sobre seus direitos e deveres ou do fundamento de qualquer acusação criminal contra ele.
Artigo XI.

1. Todo ser humano acusado de um ato delituoso tem o direito de ser presumido inocente até que a sua culpabilidade tenha sido provada de acordo com a lei, em julgamento público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias necessárias à sua defesa.
2. Ninguém poderá ser culpado por qualquer ação ou omissão que, no momento, não constituíam delito perante o direito nacional ou internacional. Também não será imposta pena mais forte do que aquela que, no momento da prática, era aplicável ao ato delituoso.
Artigo XII.

Ninguém será sujeito à interferência em sua vida privada, em sua família, em seu lar ou em sua correspondência, nem a ataque à sua honra e reputação. Todo ser humano tem direito à proteção da lei contra tais interferências ou ataques.
Artigo XIII.

1. Todo ser humano tem direito à liberdade de locomoção e residência dentro das fronteiras de cada Estado.
2. Todo ser humano tem o direito de deixar qualquer país, inclusive o próprio, e a este regressar. Artigo XIV.
1. Todo ser humano, vítima de perseguição, tem o direito de procurar e de gozar asilo em outros países.
2. Este direito não pode ser invocado em caso de perseguição legitimamente motivada por crimes de direito comum ou por atos contrários aos objetivos e princípios das Nações Unidas.
Artigo XV.

1. Todo homem tem direito a uma nacionalidade.
2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua nacionalidade, nem do direito de mudar de nacionalidade.
Artigo XVI.

1. Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça, nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família. Gozam de iguais direitos em relação ao casamento, sua duração e sua dissolução.
2. O casamento não será válido senão com o livre e pleno consentimento dos nubentes.3. A família é o núcleo natural e fundamental da sociedade e tem direito à proteção da sociedade e do Estado.
Artigo XVII.

1. Todo ser humano tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros.
2. Ninguém será arbitrariamente privado de sua propriedade.
Artigo XVIII.

Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, em público ou em particular.
Artigo XIX.

Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.
Artigo XX.

1. Todo ser humano tem direito à liberdade de reunião e associação pacífica.
2. Ninguém pode ser obrigado a fazer parte de uma associação.
Artigo XXI.

1. Todo ser humano tem o direito de fazer parte no governo de seu país diretamente ou por intermédio de representantes livremente escolhidos.
2. Todo ser humano tem igual direito de acesso ao serviço público do seu país.
3. A vontade do povo será a base da autoridade do governo; esta vontade será expressa em eleições periódicas e legítimas, por sufrágio universal, por voto secreto ou processo equivalente que assegure a liberdade de voto.
Artigo XXII.

Todo ser humano, como membro da sociedade, tem direito à segurança social, à realização pelo esforço nacional, pela cooperação internacional e de acordo com a organização e recursos de cada Estado, dos direitos econômicos, sociais e culturais indispensáveis à sua dignidade e ao livre desenvolvimento da sua personalidade.
Artigo XXIII.

1. Todo ser humano tem direito ao trabalho, à livre escolha de emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o desemprego.
2. Todo ser humano, sem qualquer distinção, tem direito a igual remuneração por igual trabalho.
3. Todo ser humano que trabalha tem direito a uma remuneração justa e satisfatória, que lhe assegure, assim como à sua família, uma existência compatível com a dignidade humana e a que se acrescentarão, se necessário, outros meios de proteção social.
4. Todo ser humano tem direito a organizar sindicatos e a neles ingressar para proteção de seus interesses.
Artigo XXIV.

Todo ser humano tem direito a repouso e lazer, inclusive a limitação razoável das horas de trabalho e a férias remuneradas periódicas.
Artigo XXV.

1. Todo ser humano tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar-lhe, e a sua família, saúde e bem-estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis, e direito à segurança em caso de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice ou outros casos de perda dos meios de subsistência em circunstâncias fora de seu controle.
2. A maternidade e a infância têm direito a cuidados e assistência especiais. Todas as crianças, nascidas dentro ou fora do matrimônio gozarão da mesma proteção social.
Artigo XXVI.

1. Todo ser humano tem direito à instrução. A instrução será gratuita, pelo menos nos graus elementares e fundamentais. A instrução elementar será obrigatória. A instrução técnico-profissional será acessível a todos, bem como a instrução superior, esta baseada no mérito.
2. A instrução será orientada no sentido do pleno desenvolvimento da personalidade humana e do fortalecimento do respeito pelos direitos humanos e pelas liberdades fundamentais. A instrução promoverá a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações e grupos raciais ou religiosos, e coadjuvará as atividades das Nações Unidas em prol da manutenção da paz.
3. Os pais têm prioridade de direito na escolha do gênero de instrução que será ministrada a seus filhos.
Artigo XXVII.

1. Todo ser humano tem o direito de participar livremente da vida cultural da comunidade, de fruir das artes e de participar do progresso científico e de seus benefícios.
2. Todo ser humano tem direito à proteção dos interesses morais e materiais decorrentes de qualquer produção científica literária ou artística da qual seja autor.
Artigo XXVIII.

Todo ser humano tem direito a uma ordem social e internacional em que os direitos e liberdades estabelecidos na presente Declaração possam ser plenamente realizados.
Artigo XXIX.

1. Todo ser humano tem deveres para com a comunidade, na qual o livre e pleno desenvolvimento de sua personalidade é possível.
2. No exercício de seus direitos e liberdades, todo ser humano estará sujeito apenas às limitações determinadas pela lei, exclusivamente com o fim de assegurar o devido reconhecimento e respeito dos direitos e liberdades de outrem e de satisfazer as justas exigências da moral, da ordem pública e do bem-estar de uma sociedade democrática.
3. Esses direitos e liberdades não podem, em hipótese alguma, ser exercidos contrariamente aos objetivos e princípios das Nações Unidas.
Artigo XXX.

Nenhuma disposição da presente Declaração pode ser interpretada como o reconhecimento a qualquer Estado, grupo ou pessoa, do direito de exercer qualquer atividade ou praticar qualquer ato destinado à destruição de quaisquer dos direitos e liberdades aqui estabelecidos.»


Ao menos em leis escritas somos HUMANOS!


O que dizem os psicólogos e as psicólogas?

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Mate o Negão

Um Cachorro Bravo escreve:

Como Jogar

Basta usar o mouse (dããã)
Preste atenção em quantas balas você tem. Ao acabar, recarregue.

Para usar as granadas, basta clicar sobre elas.

Separadas pela América Latina

Um Cachorro Bravo escreve: Já sei.. ela vai mandar eu pra p.q.p. Mas... não tem como fugir. Ninguém vai fugir.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Contingências já nostálgicas


Despedida da Silvinha
Argentina com mãos indecentes sobre o blackboard da nossa querida docente

Um Cachorro Bravo escreve:

Essa aí com certeza vai deixar saudades na piazada.
Uma vez o nosso querido mestre R2-D2 a definiu como uma professora que "maneja com maestria contingências de reforço positivo".
Concordo.
E acrescentaria muito mais.
Lamentarmos muito sua saída do IESB, Profª Sílvia. Mas desejamos sucesso no empreendimento do Doutorado e esperamos encontrá-la sempre, nesse nosso psico-círculo (circo).
Também tenho que falar da Micheline. Infelizmente tô sem uma foto dela aqui.
A melhor comparação que posso fazer à essa meiga pernambucana é a de um furacão. Passou rápido mas deixou impressões (e inspirações) profundas.
Hoje, ao encontrá-la na coordenação, perguntei fazendo um gesto sugerindo bebida, quando seria o bota-fora.
Ela, no bom humor costumeiro, respondeu:
-É engraçado! Os alunos geralmente procuram os outros professores no fim de semestre pra saber de provas. Comigo o pessoal vem procurando saber de cachaça! Eu "guento" um negócio desse?

domingo, 7 de dezembro de 2008

MSN

Um Cachorro Bravo escreve:

Pq todo mundo tem que divulgar o que faz da vida no MSN?

Vc formou
Ou viajou *
Seu tio morreu
Sua filha deu
O pau comeu
E a torcida do Grêmio se fudeu.

Como diz um amigo "no MSN só tem cambista e poeta".

* [pro exterior, claro]


SOU HEXA/TRI


sábado, 6 de dezembro de 2008

Dos Filhos deste Solo és Mãe Gentil

Um Cachorro Bravo discursa:


E aqui está o discurso na integra. As partes mais polêmicas estão nas páginas 07 e 23.

Tem outras partes bem divertidas também, olha só:

(...) Tem uma coisa engraçada: se a pessoa faz a apresentação uma vez e a gente não entende, a gente é burro. Se a pessoa faz a segunda vez e a gente ainda não entende, a gente é meio burro. Mas na terceira vez, o burro é quem tá explicando, por que a gente não entende. (...)

(...) Eu não quero ser mais otimista do que o "Rei", mas eu sou originário de uma crise. Uma nordestina, quando tem o oitavo filho, é uma crise absoluta. Eu também nunca tive nada fácil na vida, eu nunca tive absolutamente nada fácil. O meu primeiro presente eu ganhei de mim mesmo, aos 17 anos de idade, que foi uma bicicleta que eu comprei, velha, não conhecia a bicicleta, mas tinha vontade de ter uma, e quando eu comprei, perdia mais tempo consertando a corrente do que andando de bicicleta. (...)


Eu vou deixar a maior parte dos comentários por conta de vocês, mas tipassim, alguém ai já imaginou o FHC falando desse jeito?
Esse barbudinho é bravo!
Guardo, como todo brasileiro, indignações incontidas dele. Afinal, ele se deixa acercar de uma corja de bandidos e segue a risca a cartilha que eles impõem.
Se ele fosse mais ousado, menos frouxo, ele botava o pau pra fora e mandava a corja toda à puta que os pariu. Certamente um Bornhausen da vida ia entrar com um pedido de impeachment. Ou então um "General de dez estrelas, que fica atrás da mesa, com o cu na mão" ia tomar o poder. Mas o Povo iria às ruas apoiando o Língua-Presa. Assim como aconteceu com o Presidente da Venezuela Hugo Chaves, a quem a Veja chama de Tenente-Coronel Ditador
É o que eu acho.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Comentário ao texto "um povo bunda assiste uma TV feita nas coxas"

A primeira coisa a se dizer é: este texto trata de muitos assuntos, relacionados a apenas um, a mídia brasileira, especificamente a Rede Globo.
Faço algumas poucas considerações:
1. Concordo que a “mídia” brasileira tem muito terreno pela frente para se chegar ao nível de uma Imprensa digna de atenção criteriosa e avaliativa de seja lá qual for o CIDADÃO. Contudo, não a considero, a “mídia”, totalmente ‘desqualificada’ e de tantas outras intenções que não a função de expor os ‘fatos’ de tal perspectiva. Pode-se apontar vários interesses em se noticiar certos temas, que não outros, e, como se são noticiados, isto é, porque viés se aborda um acontecimento - a linguagem usada; a expressão do apresentador, ou seja, a entonação da voz, a expressão facial, o movimento corporal etc.; as imagens utilizadas, a tecnologia digital empregada para detalhamento da reportagem; o horário de notificação; a apresentadora e/ou o apresentador; etc. Aqui podemos usar o termo ‘todo’, já que todo e qualquer assunto é abordado e expresso a partir de princípios que nortearão a maneira e a própria mensagem a ser transmitida. Então isso torna legítima toda e qualquer “perspectiva”? Não! Pois nisso há uma gama de considerações ética, morais, cívicas, políticas de enorme impacto social. O texto tenta mostrar essa relação, “Mídia” e ‘Política’. Porém, é de se notar que o viés assumido é percorrido e fundamentado numa postura frente às circunstâncias, que pode, aliás, ser criticada peremptoriamente. Os que fazem a “mídia”, nesse sentido, buscam manifestar um modo de interpretação das contingências vividas, e tornam a “mídia” como ela é pelos modos de manifestações escolhidas e empregadas pelos meios de comunicação disponíveis.
2. Diante disso, não deixo de duvidar que a “mídia obsoleta” será extinta. A televisão, o rádio, o jornal são extremamente eficientes e de ampla circulação, porque acessíveis e demasiadamente tradicionais. Para exemplificar: a televisão é quase um ente da família. Muitas vezes, tomamos café da manhã, almoçamos, lanchamos, jantamos assistindo-a; ao deprimir-se, assistimo-la; após um trepada, às vezes, assistimos, ou, mesmo no ato da fuderança em um motelzinho lá estamos com a TV ligadona; reunimos quase vinte ou mais pessoas para assistirmos aos jogos de futebol, e por aí vai. A televisão não será banida!
3. A internet é, dia após dia, o meio de comunicação mais utilizado, nas mais diversas áreas - educação, saúde, jornalismo, política, relações humanas, inclui-se neste último os sites como orkut, msn, blogs, etc. Mas, ela não é para todos. Ainda que tenhamos internet do Oiapoque ao Chuí, de Nova Iorque até uma favela do Rio de Janeiro, é um instrumento que demanda tempo para se manusear com o devido proveito que está requerendo, meu caro amigo; e não é qualquer um que dispõe deste momento ocioso. Por exemplo, veja quem se dedica ao menos a ler um jornal ou alguns livros por mês, será a internet tão diferente, que não exija uma disponibilidade atenta, de leitura crítica? A internet é absurdamente popular pelo simples fato de que aí tu podes dizeres a tua opinião, volta-se ao ‘perspectivismo’, e empurrar goela baixo de todo mundo com pretensão universal, isto é, dizes uma coisa e pedes aceitação seja lá de quem for. Desde já, a internet não é o futuro, como bem dizes, ela é o presente, já que demonstra toda carnificina contemporânea de tantos setores que se prestam a viabilizarem a “comunicação” entre humanos, entre tu e eu, entre nós.
4. De resto, e não só, mas tenho de ir dormir, a “mídia” apresenta ‘modelos comportamentais’, e os problemas daí advindos é que ainda vivemos numa ambientação humana de
IMITAÇÃO.

domingo, 30 de novembro de 2008

Um povo bunda assiste uma TV feita nas coxas

Um Cachorro Bravo escreve:
Eu já deixei bem claro o quanto eu repugno a mídia brasileira.
Eu a considero preguiçosa, mesquinha, preconceituosa, parcial, mentirosa e fútil.
Pra ela, os interesses dos patrocinadores estão mil anos-luz à frente dos interesses dos telespectadores.
Eu também acho que esse tipo de mídia obsoleta: tv, rádio e jornal, vai ser extinta.
Que nem os dinossauros.
A internet é o futuro. Ou melhor, é o presente.
Só o pessoal da Globo e da família Civita ainda não se deu conta disso.
Mas por hora. Enquanto a inclusão digital ainda não ultrapassou a inclusão televisiva e enquanto muitos dos que já estão incluídos digitalmente estão mais ocupados vendo os novos Buddypokes do Orkut ou as novas fotos da mulher-fruta da estação, a televisão ainda é o meio de comunicação mais eficaz.
Nós ainda estamos condicionados a ouvir tragédias pela boca do William Bonner.
Só que a nossa mídia não tá muito preocupada em informar nem mesmo as desgraças ao povo.
Eu acho que é preguiça mesmo.
Veja o exemplo dos dramas familiares dos casos João Hélio /Isabela Nardoni/ Eloá Pimentel.
Tanta coisa acontecendo no mundo e o nosso aparato midiático concentrado em descobrir detalhes ridículos das vidas dos envolvidos.
Pra que? Pra nada! Ou você viu alguma utilidade nas intermináveis horas que passou assistindo às negociações infrutíferas da PM com o Principe do Gueto, o Lindemberg Alves?
Tanta coisa acontecendo no mundo. Tanta coisa acontecendo na América do Sul. E com o que a mídia se preocupa? A Veja, dos Civita, por exemplo, tá dando manchetes sobre o rehab do Fábio Assunção. Primeiríssima utilidade, não?


Tanta coisa acontecendo no mundo. Tanta coisa acontecendo na América do Sul. Tanta coisa acontecendo no Brasil. E com que a mídia se preocupa? Com futilidades como o Dudu Nobre.
Essa eu explico agorinha. Segura!
Tem pelo menos 4 semanas que Santa Catarina enfrenta as chuvas torrenciais e as enchentes. Desde pelo menos 20 de novembro, já haviam cidades isoladas e pessoas e animais desabrigados ou desaparecidos. Agora, se você é capaz de me responder, por favor responda. Quando foi que você ficou sabendo, pela mídia tradicional, da tragédia dos nossos irmãos sulistas? Eu posso te dizer quando foi, pelo menos pra mim. Eu vi o primeiro anúncio, com status de calamidade pública, no Bom Dia Brasil (acho esse nome muito pouco apropriado) de 26 de novembro. Antes disso, havia menções da situação do Estado no Jornal Nacional e no Fantástico. Todavia, o destaque destes dois "veículos de informação" não podia ter sido mais esdrúxulo: O caso de discriminação sofrido pelo cantor (?) Dudu Nobre e sua esposa, a sei lá o que da Xuxa, "Bombom". No site do Fantástico, de 23 de novembro, não havia sequer menção do estado de calamidade pelo qual passava Santa Catarina.
Enquanto nossa mídia tradicional dorme, os blog's fervem de notícias e de prestação de serviços de utilidade pública. E sacanagem também. É o caso do Bobagento, do Nadaver, das verdades absolutas do Melo, e de inúmeros outros blog's.

É isso ai.

Os blog's, que o Estadão certa vez acusou de fornecer informação pouco confiável, estiveram na frente o tempo todo. E sem patrocinadores pagando milhões.
Enquanto a mídia dormia, até a Alemanha se fez solidária.
Ai a mídia acordou. E o que foi que ela fez? O de sempre.

-A culpa é do Lula.
-O barbudinho só sobrevoou a enxurrada e falou besteira.

E, pra reforçar essa idéia, a mídia foi mais cínica.
Ela estampou a corrente do bem que tem invadido o Brasil em busca de doações (como as que aparecem na maior parte dos blogs linkados acima) em seus programas de televisão, como o Faustão, por exemplo, CONTUDO enfatizado que: "se o governo não faz nada pra ajudar, vamos nós, o grande povo brasileiro, mostrar que somos melhores que o nosso governo".
Não é a primeira vez que eles usam uma tragédia para fins eleitorais.
Não lembram do acidente da TAM? Quero dizer, do ÚLTIMO acidente da TAM?
É pra fins eleitorais que a mídia vende o Lula como um frouxo.

-O Lula é um imbecil. Tá abrindo as pernas. Devia ter invadido a Bolívia quando aquele índio resolveu estatizar as refinarias que eram da Petrobrás.

-O Lula é um imbecil. Tá abrindo as pernas. Devia ter invadido o Paraguai quando aquele padre começou com essa história de querer ter mais direitos na Itaipú.


-O Lula é um imbecil. Tá abrindo as pernas. Devia ter invadido o Equador, quando aquele presidente metido a galã de novela mexicana botou a Odebrecht pra correr.

É essa mídia que distorce os fatos que me incomoda.

É essa mídia parcial que me incomoda.

É essa mídia corporativa que me incomoda.

Por isso vamo migrar pra internet, piazada. Por que na boa, hoje eu tô discordando do Dahmer:




Dou muito mais credibilidade a um blogueiro espinhento do que ao asséptico almofadinha do Jornal Nacional.

Ô seu moço, do disco voador, me leve com você, pra onde você for...

Um Cachorro Bravo escreve:
*****************************************************
Eu queria que esse fosse um post engraçado e talz, mas dessa vez não é. Lembram daquela série "O Bar é o Palco", que eu fiz nos meses de maio e junho? Pois é. Os acontecimentos que se seguem ocorreram no mesmo lugar de onde eu tirei a inspiração para a primeira história da série. Por esse motivo eu vou por o mesmo nome fictício no bar.
*****************************************************
Bar Paraíso, sábado, 11:30 da noite.

Ricardinho
-É galera. Vamo embora por que amanhã cedo eu quero correr e de tarde eu tenho cursinho.
Marcos
-É. Vamo fechar a conta e ir embora. Como o Floriano tá devendo a gente, ele paga as cervejas hoje.
Floriano
-Eita porra! Eu vou pagar sozinho essa conta toda?!
Ricardinho
-É uai! Semana passada ficou tudo por minha conta. Hoje é a sua vez!
Floriano (reclamando)
-Bora logo então pagar essa porra!

(Barulho de pneu cantando chama a atenção de todos no bar)

Marcos
-Mas quem é o otário que vem dando cavalo de pau aqui e bem na frente da viatura da polícia?
Floriano
-Eu conheço esse carro. É do Esteves.
Marcos
-Velho, que idiota! Vamo lá! A polícia já foi pra cima dele!

(Correm todos pra perto do carro de Esteves. Pelo menos seis policiais estão no local. Após algumas perguntas, um deles, um sargento da PM, diz à Esteves).

Sargento da PM
-O senhor está detido e este carro será removido ao depósito.
Esteves
-Como é que é?
Sargento da PM
-É isso que o senhor ouviu. E além disso, o senhor ainda receberá notificação por uso de calçado inadequado e por direção perigosa. O senhor ingeriu bebida alcoólica?
Esteves
-Bebi sim.
Sargento da PM
-Então o senhor queira entrar na viatura.

(O sargento leva Esteves para a viatura. Floriano os acompanha e conversa com o policial. Os outros ficam próximos ao carro, conversando).

Marcos
-Caralho! Esse bicho é muito mané! Como é que ele não viu esse ônibus da polícia desse tamanho?
Ricardinho
-Eu acho que ele fez de propósito. Não é a primeira vez que ele faz isso não.
Marcos
-E pelo que eu me lembre, esse carro dele tá com a documentação toda atrasada...
Ricardinho
-Atrasada? Esse bicho tá com 14 multas pra pagar!
Marcos
-Tá louco?!
Ricardinho
-Tô falando! Ele faz isso por que ele é milico. Daqui a pouco ele vai dar a carteirada no sargento. Vai vendo ai.
Marcos
-E o Floriano tá conversando o que com o sargento?
Ricardinho
-Esqueceu que ele é milico também? Eles sabem que PM não pode prender milico. Só quem pode prender milico é a PE (Polícia do Exército).

(Após mais ou menos meia hora, depois de muita conversa e algumas ligações, Floriano e Esteves voltam para o carro)

Floriano
-Vamo embora galera. Entra todo mundo no carro.
Marcos
-Como assim? O Esteves não tá detido?
Esteves
-Tô nada rapaz!
Floriano
-Entra no carro. A gente explica no caminho.
(...)

****************************************************
Floriano contou tudo o que aconteceu. O sargento estava para aplicar pelo menos quatro penalidades em Esteves. Multa por direção perigosa, por documentação atrasada, por uso de calçado inadequado (chinelos) e embriaguês ao volante. Além disso, ele apreenderia o veículo. Dessas todas, ele só aplicou a de uso de calçado inadequado e direção perigosa. Por que? Por que Esteves é cabo do Exército. Não pode ser preso pela polícia convencional. Além disso, Floriano conhece um "general de dez estrelas, que fica atrás da mesa, com o cu na mão" como diria Renato Russo. O tal general (general é só uma sátira. Não sei qual é a real patente do homem) falou com o sargento e pediu, educadamente, para aliviar o rapaz.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Quilometragem feminina

Um Cachorro Bravo escreve:



Cientista explica:

Supondo que uma boa transa dura em média 7 minutos(Segundo estudos), o cálculo médio de uma transa é de 60 p/n (penetrações/minuto), o que consiste em 420 penetrações.

Supondo também que o pênis tem em média 15 cm(falei média), significa que a mulher recebe 6.300 cm de pênis, ou seja, 63 metros de pênis a cada relação.

Geralmente as mulheres transam 3 vezes por semana(Geralmente…), e, como o ano tem 52 semanas, então transam 156 vezes por ano. Isto quer dizer que a mulher recebe 9.828 metros de pênis por ano, equivalente a quase 10Km de p/a (pênis/ano).

Deduzimos que, uma garota de 25 anos, que tem sua vida sexual iniciada, em média, aos 17 anos, já rodou (25 - 17 = 8 => 8 x 10) = 80 Km.

Vamos ao exemplo:

- Ô João, esta é Maria.
Ela trabalha em um banco, tem 27 anos mas ta novinha, só rodou 55Km.
Ela tem uma kilometragem de uma menina de 22/23 anos!
Está muito bem conservada. É como se fosse ano 72, modelo 77!

************************************************************************

Kibado do Astro

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

A VOLTA DE PAVLOV!


Um Cachorro Bravo escreve:

Dois cães se encontram em Moscou; um é gordo e bem nutrido, o outro magro e faminto. Este pergunta àquele: "Como você faz para achar comida ?"; e o outro, com sagacidade zoosemiótica, responde:" É muito fácil. Toda manhã , por volta do meio-dia, vou ao Instituto Pavlov e me ponho a babar; nesse momento aparece um cientista condicionado que soa uma campainha e me traz um prato de sopa".

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

1ª Edição do Na Prática

Um Cachorro Bravo escreve: Diário de campo nº foda-se. Hoje, nos momentos que antecediam a prova da Jô, em meio toda aquela confraternização habitual pré-prova (aquele desespero natural), Fernandinho, o FDP do ano, mobilizando toda a galera disse o seguinte:

- O bom desse negócio* é que ninguém ensina o que fazer na prática.

Bem, pensando nisso, em meio à atribulada rotina do funcionalismo público resolvi procurar nesse imenso mar de... enfim, que é a internet e achei o seguinte vídeo muito elucidativo e pedagógico para nós.



*profissão, discliplina ou qualquer coisa relacionada.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Prova de Tópicos Especiais em Psicoterapia 1

A CONFRARIA DOS BRAVOS ORGULHOSAMENTE APRESENTA:

A prova da Jô - versão "Noturno" com Exclusividade!!!!

Questão 01 - Escolha um dos casos observados durante a prática da disciplina, cite o nome do estagiário observado e responda:
a) Qual o tema da sessão observada?
b) Identifique pedras te toque ou questões existenciais cristalizadas no caso observado
c) Aponte um elemento de resistência observada durante a sessão. Comente.


Questão 02 - Leia o caso abaixo e apresente uma reflexão a partir dos temas estudados no último bimestre.

(abaixo fica um texto)


Questão 03 - Explique como o terapeuta deve compreender e trabalhar a resistência em uma perspectiva dialógica.


FIM

- Filho.. não é crime ter memória fotográfica na hora da prova e sim máquina fotográfica.
- Tchaannnn!!!! Nojento!

Aproveitem....Essa foi mais uma intervenção muito bem realizada por Confraria dos Bravos Sociedade Alcoólica.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Toy Story Dark Knight

Um Cachorro Bravo escreve:
Mais um videozinho bacana. Dessa vez é uma montagem do trailer do Batman, Cavaleiro das Trevas com os personagens do Toy Story. O Woody como Curinga ficou bom pá caráleo.

3 passos para imitar o Google

Abaixo estão os 3 passos que a Globo enviou para os assinantes mostrando como eles renovaram o layout do e-mail da Globo e como imitarão o Gmail, logo, o Google.


PASSO 1



PASSO 2


PASSO 3


Pelo visto foi uma parceria, já que tem a logo da Google ali em baixo.
Parece que ter as novelas que imitam filmes de Hollywood e toda uma programação que imite programas americanos não é o bastante. Assista Jô Soares e Late Show com David Letterman. Se alguém pensou que a tv brasileira é uma ótima fonte de programas criativos, se engana, pois é apenas imitação da televisão americana.

domingo, 23 de novembro de 2008

Gato Mutante

Um Cachorro Bravo escreve:
Cachorros Bravos devem tomar cuidado com gatos. Essas criaturas não são desse mundo. Esse ai embaixo, por exemplo, tem o poder do teletransporte.

Medo. Muito medo.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Prova de Intervenção em Situação de Risco

A CONFRARIA DOS BRAVOS ORGULHOSAMENTE APRESENTA:

A prova da Maristela - versão "Noturno" com Exclusividade!!!!

Questão 01 - No texto "Tecnologias de Governo: [...] risco social das crianças e adolescentes", as autoras discutem a construção social de "outras infâncias". Explique esse processo. (1,0)

Questão 02 - Defina Resiliência e Vulnerabilidade. (0,5)

Questão 03 - Ressalte os principais aspectos abordados pela teoria sistêmica no que se refere à intervenções em situações e violência intrafamiliar. (1,0)

Questão 04 - No texto "A ética da prevenção", o autor faz algumas críticas a projetos de prevenção ao uso de drogas com o enfoque repressivo. Comente essas críticas. (1,0)

Questão 05 - Para o trabalho de campo da disciplina foi necessário o contato com uma instituição ou profissional que atende pessoas em situações de risco. Articule a atuação do psicólogo na instituição visitada com o que você vem construindo para seu exercício profissional. (nem anotei quando valia).

Aproveitem....

Essa foi mais uma intervenção muito bem realizada por Confraria dos Bravos Sociedade Alcoólica.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Aniversário das Tigretes


PARTE 1 - Eliane Tigresa

Diálogo entre Eliane-Tigresa e sua tia.


Tigresa: Tia, leva um pedaço de bolo pro Genésio
Tia: Quem é Genésio?
Tigresa: Seu marido.

Lembranças de outro diálogo. Entre Marcelo [Talita] e Eliane.

O forró tocando, Marcelo se aproxima de Eliane:
Marcelo: Vamos dançar?
Eliane: Eu não sei fazer o papel do homem.

Frase de Hoje: "Pareceu uma tirada inteligente, mas foi pura ingenuidade". [Eu]

FELIZ ANIVERSÁRIO TIGRESAAAAA!!!!!


PARTE 2 - Dani Braix (arquivo)

Diálogo entre Eu e Garçom

- Oi, garçom.. que refrigerantes você tem ai?
- Temos pepsi, soda, guaraná e sukita.
Paulo pensa... uns 10 segundos assim... e então diz:
- Me dá uma coca, por favor.

[Deixo espaço para a livre interpretação de cada um no que diz respeito a resposta que eu tive, ou melhor, na resposta que eu (ou outra pessoa) daria caso estivesse no lugar dele.]


ESPAÇO DEDICADO ÀS TIGRETES.

FALTOU ALGUMA PÉROLA DA PAOLA.

BOA NOITE A TODOS.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Exclusões e Desconfirmações

Um Cachorro Bravo escreve:
Data escolar, 12 de novembro de 2008; aproximadamente às 11 horas. Estavamos Eu e o querido, melhor, estimado Hammurabi assitindo uma aula de uma disciplina cujo nome é a propria ementa (o pessoal da coordenação do curso tem uma criatividade incrível para nomear as disciplinas. Alguém deveria averiguar as origens epistemológicas, epidemológicas e lógicas), quando de repente, nada mais q de repente, nossa digníssima mentora inicia a reação em cadeia, após um filme deveras chato:

(Mentora)
- Então, aqueles que ainda não trabalharam isso com seus clientes, dediquem uma, duas sessões para elaboração do luto na terapia.

(Eu)
- Elaboração do luto da terapia...

(Hammurabi)
- Tá mais para coito interrompido dos estagiários.

domingo, 16 de novembro de 2008

Contingências Coincidentes

Um Cachorro Bravo escreve:

Dia desses eu estava vagando pelo Oceano Bloguífico nas horas em que minha chefe esperaria deste proletário o maior desempenho e, velejando o mouse de blog em blog, topei com o que acredito ser uma realidade alternativa do Confraria.



A idéia é parecida. O objetivo é semelhante. A sigla obviamente é a mesma.



Mas antes que apareça por aqui (ou por lá) qualquer comentário relativo a um possível plágio, seja por Bravos, seja por Brutos, é bom ressaltar que os blogs tiveram origens completamente independentes. Até mesmo por que, quem acompanha a Confraria desde o início sabe que ela existe antes mesmo do Blog e é, em grande parte, independente dele. Quem sabe o Lucas, o simpático Bruto que passou por aqui, conte pra gente como surgiu o Clube.



É bom pá caráleo encontrar gente com pensamento parecido com o nosso. Ou mesmo topar com blogs interessantes que mexem com o nosso phatos. Lembram da musa portuguesa do Davi, a Dhyana? E da garota carioca suingue sangue bom?
Pois é. Além desses e de outros tantos, o Clube dos Brutos integra a programação blogueira que não me deixa ter um rendimento minimamente satisfatório no trabalho.

Don Pedro ficaria decepcionado...

Alguém se deu conta de que ontem foi feriado?

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Contingências muito convenientes

Um Cachorro Bravo escreve:

Domingo, 09 de novembro de 2008, 13:30.

(depois de teclar o número 2 do meu celular quarenta e duas vezes e ser redirecionado outras 98 vezes, consigo falar com um atendente da Brasil Telecom)

-Boa tarde, meu nome é Suzana, com quem estou falando e em que posso ajudar?

-Alô, eu sou o Thiago. O problema é o seguinte. Eu paguei a porra da conta desse telefone na quinta feira e os créditos deveriam ter caído hoje. Mas até agora não caiu porra nenhuma! Olha, todo mundo diz que a Brasil Telecom é uma merda. Que quase não tem benefício. Que bom mesmo é a TIM e a VIVO que dão uma porrada de bônus todo mês. Eu nunca reclamei da Brasil Telecom por que os R$ 35,00 que eu pago de conta todo mês são o suficiente pro meu gasto. E até fico contente que nem um idiota quando eu recebo vinte reais de bônus de vocês. Mas agora eu tô puto por que eu tô precisando usar a desgraça desse telefone e até agora vocês não mandaram meus créditos.

-Mas senhor, é por que é domingo. Seus créditos serão liberados na segunda feira pela manhã.

-Não me interessa! É domingo e você tá trabalhando não é? Então por que que o viado que trabalha com a liberação dos créditos não tá trabalhando?

-Senhor, o senhor está sendo muito mal-educado.

-Você tem razão. Eu vou parar de ser mal-educado com você. A partir de amanhã eu vou ser mal educado com o pessoal da TIM, por que eu vou mudar a desgraça dessa linha. Passar bem.

-Algo mais que eu possa ajudar, senhor?

-Não, minha filha. Não.

-A Brasil Telecom agradece a sua ligação.....

***************************************************************
Segunda feira, 10 de novembro de 2008. 08:15;

(Consulta de saldo pelo celular)

Seu saldo principal é de trinta e quatro reais e noventa e sete centavos.

Seu saldo da conta de assinatura é de trinta e dois reais e trinta e um centavos.

Seu bônus é de duzentos e trinta e quatro reais e sessenta e quatro centavos

Seu saldo de torpedos é de trinta e sete centavos.

=R$ 302,29.
***********************************************************
Quer saber de uma coisa? Vamo deixar a TIM de molho esse mês....

sábado, 1 de novembro de 2008

Ofício Circular, Redondo e Sem Lado n° 01

Um Cachorro Bravo escreve:

Eu acredito que os homens contribuem muito para que muitas mulheres não gostem de sexo.
Primeiro por que não é todo homem que se dispõe a levar a moça num restaurante legal, abrem a porta do carro, enchem de flores, bombom e pedem um bom vinho para acompanhar a comida. Alguns pagam um PF e uma meota de pinga e já querem faturar a menininha. (isso me lembra alguém).
E mais, eu parto da idéia de que existem sim meninas legais, que não necessariamente são santas, que curtem transar, mas gozam muito mais com uma boa companhia do que com um pau de 30 cm. Tem mané aí que vai todo bronco, fedido, pra cima da guria. Não tem um bom papo e não sabe chamar a atenção de uma maneira legal. Tem o outro lado também, quando o otário fica falando demais, querendo aparecer e deixa de dar atenção pra moça.E finalmente tem o cara que consegue levar a menina pra cama. Só que não sabe fazer nem uma preliminarzinha. Tá tão preocupado com o próprio pau que esquece da guria. E no mesmo ritmo, goza em três minutos no máximo. Aí ele vira e vai dormir.
Talvez até numa cama equipada com uma catapulta no lado da mulher...

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Contingências inconvenientes

Um Cachorro Bravo escreve:
Eu, Peperônio e Sociopata Fernandinho. Corredor do IESB. 10 da manhã de 27/10/2008:

Peperônio
-Thiagão! Tá vendo aquela menina bebendo água? Olha que gatinha!

Eu
-Porra. É linda mesmo!

Peperônio
-Pô! Me apresenta ela!

Eu
-Uai? Como é que eu vou apresentar se eu nem conheço a menina?

A menina passa por nós, acena e diz:

-Oi, Thiago!

Peperônio e Sociopata Fernandinho
-Seu fanfarrão!

domingo, 26 de outubro de 2008

Ai como era brega

Um Cachorro Bravo escreve:

O Igor reclama que em Brasília só tem "gente que se acha". Ele considera incrível, por exemplo, que as pessoas do DF, por terem o território encravado no Goiás, não tenham adotado o sotaque caipira. Eu acho engraçado o argumento dele e fico pensando que dá pra fazer um paralelo entre essa constatação do meu amigo doutor com o fato de o Brasil ter assumido uma posição menos cafona que os nossos vizinhos de lingua espanhola. Nesse ponto eu acho que mais esnobes que nós, brasileiros, só mesmo os nossos hermanos argentinos. De fato, nós somos considerados bem menos evoluidos quando nos aventuramos na América do Norte ou na Europa. Mas quando nos pareamos com a galera da Colômbia ou da Bolívia, nós gozamos de certo status, culturalmente falando.
Eu tô falando especificamente da música.
Eu acho que essa mudança de posição no Brasil aconteceu recentemente. Foi meio que de uma hora pra outra que a gente deixou de ser cafona. Que a gente parou de batizar as filhas com nomes de personagens de novela mexicana. Que a gente parou de escutar lambada.
Tá legal. Ainda existe gente cafona. Deve ter alguma anta por ai que registrou a cria como Guadalupe Isabel Maria Dolores do Bairro da Silva. E o Calypso tá ai pra mostrar que a lambada voltou com uma roupagem ainda mais irritante. Mas esse povo tá caminhando pra extinção. Né Darwin?



Mas como recordar é viver, nada como uma voltinha no tempo pra lembrar da época em que a lambada reinava na Terra Brasilis. Lembram do KAOMA?

Meo Deus! Eu lembro da tia Maria dançando isso completamente embriagada!
Aiaiaiaiiiiiiiiiii!!! Ariba!!!

Contingência de pensamentos perdidos


Um Cachorro Bravo escreve:

Agora voltando a um tema nada polêmico, que até já tinha sido esquecido por todo mundo, e você solta no meio da conversa de boteco enquanto as pessoas em volta ficam sem entender o que te levou a falar aquela merda:

-"Por que a Volkswagen contratou o Stallone pra fazer aquela propaganda do novo gol? Afinal de contas, se eles queriam um ator bronco e decadente pro papel de garoto propaganda do carro, eles poderiam ter chamado o Alexandre Frota. Com certeza sairia bem mais barato...

-Pensando bem, acho que é por que eles reservaram o Alexandre Frota pra propaganda do modelo TotalFlex".

:D

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Faixa de Pedestre


Hoje eu resolvi não parar em uma faixa de pedestre, então, mais a frente uma mulher parou o carro do meu lado e falou que não tinha adiantado nada eu não ter parado, pq peguei o semáforo fechado. Engraçado disso é que ela veio com um papinho "we are the world" ao estilo Solange... e que, segundos antes dela parar ao meu lado, eu estava olhando pro retrovisor e a vi cortando um carro [logo após passar a faixa de pedestre] para conseguir parar do meu lado e falar merda. Eu respondi que as pessoas querem educar os motoristas mas não os pedestres.

Brasília é uma cidade atípica, pq as pessoas usam cinto de segurança e param na faixa de pedestre. Teve uma tese de mestrado em psicologia de uma mina aí que analisava como deu certo a faixa de pedestre aqui em uma visão behaviorista. E ano passado as pessoas estavam reforçando a campanha para voltar a incentivar os motoristas a pararem na faixa.

Quer saber? FODA-SE. FODAM-SE os pedestres malditos.

Porque é certo é o pedestre acenar e quando o carro parar, ele anda. Mas hoje em dia eu vejo de tudo, pessoas que simplesmente andam sem esperar os carros pararem, entre outras anomalias.

A verdade é que o motorista brasiliense está cansado da ignorância do pedestre e vice-versa. E a culpa é do trânsito e do pedestre.

Do trânsito porquê? Porque você está em uma fila de carros, pára antes da faixa para o pedestre passar, e o cara na fileira do lado aproveita o espaço e enfia o carro na sua frente, com os pedestres ainda passando na faixa. E com isso o motorista, para não ficar pra trás passou a não parar na faixa.. e daí o pedestre começou a ficar puto também.

Do pedestre porquê? Porque em áreas escolares não há uma campanha de conscientização dos pedestres, então eles passam em filas indianas e aí o motorista espera horas para passar, além disso, existem pessoas que desfilam na faixa de pedestre, mas isso não é culpa das áreas escolares, isso acontece em qualquer lugar. Uma faixa de pedestre em área escolar só dá certo quando existe um guardinha auxiliando os carros e pedestres. Mas isso nunca acontece.

O que importa é sempre a falsa paz. É o motorista contra o pedestre, o motorista contra o motoboy e também contra aqueles babacas que correm na beira das vias principais da cidade, que é 80 km/h, além dos ciclistas que andam contra o fluxo.

E eu posso reclamar de pessoas que correm na beira da pista, porque eu corria uma asa toda e sempre me preocupava com os carros, pedestres que não se importam em desviar, e era na calçada. Foda-se.

Relato de um rapaz que mora do lado de uma faixa de pedestres, e recentemente, de uma escola.


Enfim, FODA-SE!



P.S.:
Homenagem aos Beatles, banda que andou em fila indiana na faixa de pedestre, mas não tinha ninguém esperando na rua.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Contingências de pensamentos machistas

"As mulheres reclamam que os homens deitam e dormem depois de transar.
Elas gostariam de
ter alguém com quem conversar abraçadinhos.
Acontece que eu só vejo homens conversando abraçados com garrafas de cerveja e a razão para isto é óbvia: Garrafas de cerveja não pedem pensão".

_____________________________________________________________
Mamãe sempre diz que mente vazia é a casa do demônio.

domingo, 19 de outubro de 2008

Crise de C* é Rola


Se você tivesse comprado, em janeiro/2005, R$ 1.000,00 em ações da Lucent Technologies, um dos gigantes da área de telecomunicações, hoje teria R$ 79,00!

Se você tivesse comprado, em janeiro/2005, R$ 1.000,00 em ações da Nortel Networks, outro gigante da área de telecomunicações, hoje teria R$ 59,00!

Se você tivesse comprado, em janeiro/2007, R$ 1.000,00 em ações do Lehman Brothers, um dos quatro maiores bancos dos Estados Unidos, hoje você não teria nenhum centavo.

Agora, se você tivesse, em janeiro/2008, gasto R$ 1.000,00 em Skol (entenda em Cerveja, não em ações), tivesse bebido tudo e vendido somente as latinhas vazias, hoje teria R$ 80,00!!!

Tire suas próprias conclusões...
_________________________________________________________
*Outra boa dica do meu amigo Bruno Igor, o Dr. Goiás.

sábado, 18 de outubro de 2008

Adesão já!



Este é o meu protesto contra a super-exposição à Maria da Penha. Já não aguento mais!

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Eu acho que o Lobinho devia ser publicitário de motel

Um Cachorro Bravo escreve:

Numa tarde qualquer lá no tribunal, minha chefe puxa um papo pra ajudar a passar o tempo:

-Lá em Teresina, no Piauí, tem dois motéis muito famosos: O Cê que Sabe e o Pode Ser.

(Eu, risos) -É mesmo chefe?

-É. Lá quando o rapaz tá afim de dar uma maltratada na moça ele pergunta: E ai, vamo fazer alguma coisa? E ai, se a mocinha responde: -Cê que Sabe- ou então -Pode Ser-, aí é pra lá mesmo que eles vão!